10 de dez de 2012

Feliz Hanukkah


Chanucá ou Hanucá (חנכה ḥănukkāh ou חנוכה ḥănūkkāh), é uma festa judaica, também conhecida como a festa das luzes.

Sua origem remonta a 2200 anos atrás na epoca que a terra de Israel, estava sobre o dominio da dinastia Seleucida, quando o rei Antioco IV obrigou a todos sobre seus dominios a abondonarem suas crenças, principalmente os judeus,  invadiou o segundo Templo pofranou o Altar Sagrado, com idolo e sacrificios de animais não kosher, todos aqueles que se recusavam a aceitar a cultura greco-síria eram massacrados, e os sobreviventes sofriam com duras penas. Os judeuas eram proibidos de particar a tradição da circuncisão e de respeitar o Shabat.

Muitos dos judeus ricos abraçaram ao helenismo, e por escárnio eram conhecido como “helenizantes” pelos judeus que se mantiam firmes as tradições. Após debelar uma revolta judaica na cidade de Jerusalém, o rei antioco, mandou que fosse contruida uma estatua de Zeus no Templo, proibindo a leitura e a prática do Torá, condenanodo a morte todso que não cumprisse a lei.

Ao sul de Jerusalém na cidade de Modjin teve um levante iniciado pelo sacerdote judeu Matatiahu patriarca da familia dos Hasmoneus e seus cinco filhos contra o regime de Antioco. Seu grupo era composto por 6.000 homens liderados por Yehudá ha-Macabi ( Judas Macabeus) e ao brado de “Aqueles que estão com Deus me sigam” derrotou uma força de mais de 47.000 homens. Na batalha de Bet Tzur, os homens de Yehudá impuseram uma derrota ainda maior aos exercitos sírios e recnquistaram Jerusalém e libertaram o Templo.  

Com a retomada do Templo os judeus começaram a limpeza e reconstrução do Altar profanado, para recomeçaram os ritos religiosos. Durante o serviço religiosos diários a parte central é acender as velas do Menorá com azeite puro de oliva, mas os sirios, haviam profanado os toneis de óleo, sobrando um frasco com o selo intacto do Cohen Gadol (Sumo Sacerdote), mas o volume deste só daria para uma noite, para processar o azeite puro demoraria mais de uma semana, desejosos para agradecer a Deus pela vitória, os macabeus usaram o unico frasco, e acenderam a vela, comecaram as orações para dedicar o Templo sagrado ao Serviço Divino. O óleo que era para queimar por uma noite, manteve as chamas do Menorá brilhando pelas 8 noites seguidas. Depois disso os sabios criaram a festa de oito dias chamada Hanukkah.

A celebração do Hanukkah é realizada no dia 25 de Kislev ao 2 ou 3 de Tevet (quando Kislev tem 29 dias). Durante o periodo da festa é acesa as velas do menorá ou chanukiá, um candelabro de 9 braços, na primeira noite acende-se a vela do braço maior chamdo de Shamash, ou servente, e uma vela e nos dias seguintes uma vela até que no oitavo dia, o menorá estará todo aceso.  

Em 2012 o Hanukkah está sendo comemorado pelo calendario cristão nos dias 9 as 16 de dezembro.