19 de abr de 2010

Poema

Está é mais uma contribuição que recebemos de Lucas Cordeiro,

 

me dizem que é imperfeita
me reclamam que é injusta
vez por sempre é desfeita
me diz então, o que te assusta?

acalma esse pensamento vão
e dividindo o teu penar
embalado ao som de um violão
iremos nos embebedar

e num desvaneio remoto
tu ainda quis se lembrar
daquilo que viste na foto...
mas ainda tu dirás:
Lucas tu disseste,
mas eu nao quis acreditar

que ela é perfeita e é justa
que uma amizade nunca é desfeita
e que nada mais me assusta.

 

Faça como o Lucas ou Bruno mande seu trabalho para publicarmos aqui.